Arquivos do Buzzwords blog: December 2008. Click aqui para os posts mais recentes..

Esses Versos Devem Ser Lidos em Todas as Línguas (publicado 28/12/2008)

neruda1.jpg

Clique aqui para uma versão maior da foto.

3:AM Brasil Top 5: Andrew Stevens (publicado 26/12/2008)

as.jpg

Editor do 3:AM (e marido dessa persona que voz escreve) Andrew Stevens e as músicas que esta ouvindo no momento:

1. ‘Sex Beat’ — Gun Club
2. ‘Bedsitter’ — Soft Cell
3. ‘Fall’ — Jesus and Mary Chain
4. ‘Baby Honey’ — The Pastels
5. ‘The Model’ — Big Black

Não Editora Recebe Prêmio Açorianos (publicado 24/12/2008)

editora.jpg

Em meados deste mês, aconteceu a entrega do 15 Prêmio Açorianos, um dos mais importantes eventos literários do sul do país, patrocinado pela Secretaria Municipal de Cultura e prefeitura de Porto Alegre.

Entre os vários homenageados, todos com méritos e qualidade para tanto, salientamos o recebimento do Prêmio Editora Destaque 2008 pela Não Editora, uma jovem empresa - nem um ano ainda - que já tem o excelente trabalho reconhecido. Certamente a proposta desta moçada não só merece a premiação como nossos sinceros parabéns.

Uma das palavras mais fortes da língua portuguesa, o “Não” também é uma das mais pronunciadas e ouvidas no mercado editorial hoje em dia. É para esse “Não” que a Não Editora diz “Não”: para tudo o que é convencional, comum, repetido e preestabelecido.

A Não Editora tem como ideal assumir riscos junto com seus autores - sem interferir ou tentar enquadrá-los - apenas apostando no que é diferenciado. Seu conselho editorial é formado pelos escritores Antônio Xerxenesky, Guilherme Smee, Luciana Thomé, Rafael Spinelli, Rodrigo Rosp e Samir Machado de Machado.”

Trabalhar com autores novos é mais um “tudo a ver” com a 3:AM Brasil.

cadernos_01-150.jpg

E tem mais, conheça a revista online Cadernos de não-ficção, o projeto de crítica literária da Não Editora.

A sétima FLIP homenageia o escritor Manuel Bandeira (publicado 22/12/2008)

manuel-bandeira.jpg

A Festa Literária Internacional de Paraty (FLIP) já tem data marcada, começa no dia 1º de julho, quarta-feira, e vai até domingo, 5 de julho. Este ano o homenageado é o escritor pernambucano Manuel Bandeira.

A obra poética de Bandeira ocupa lugar indiscutível na tradição literária brasileira. Livros como A cinza das horas (1917), Carnaval (1919) e Libertinagem (1930) tornaram-se marcos da poesia brasileira – mas há tempos não são objeto de atenção do meio editorial. Manuel Bandeira teve papel igualmente central em diversos âmbitos da cultura: foi crítico literário e de artes plásticas, professor, cronista, compositor, autor de obras infantis e tradutor de clássicos da literatura, como Shakespeare, Schiller e Proust. Ainda que tenha sido objeto de lançamentos recentes importantes, boa parte dessa produção em prosa permanece à sombra.

O tributo oferecido pela Flip tem como objetivo alterar esse cenário. “A homenagem da Flip pretende contribuir para a revalorização da obra poética e para tornar mais conhecidas as diversas faces de Manuel Bandeira”, afirma Flávio Moura, Diretor de Programação da FLIP.