Arquivos do Buzzwords blog: August 2009. Click aqui para os posts mais recentes..

LANÇAMENTO NANQUIM DESCARTÁVEL # 03 (publicado 27/08/2009)

Dia 27 de outubro, quinta-feira, a partir das 19:30, acontece em São Paulo o lançamento da revista Nanquim Descartável, vencedora do Troféu HQMix 2009 como Melhor Publicação Independente de Autor.

Onde?

Na livraria HQMIX, Praça Roosevelt, 142, Centro, São Paulo

nanquim-03-ilu-conto-01-p.jpg

NANQUIM DESCARTÁVEL # 03

As calóricas aventuras de Ju e Sandra

Edição e Roteiro: Daniel Esteves

Arte: Wanderson de Souza, Mário Cau, Júlio Brilha, Laudo Ferreira, Mário César, Wagner de Souza, Carlos Eduardo e Samuel Bono.

Formato: 16 x 25 cm, 52 páginas, capa colorida, miolo P&B

Preço: R$ 6,00

Contato: hqemfoco@hqemfoco.com.br

Sites: www.hqemfoco.com.br/nanquim e http://escola-hqemfoco.blogspot.com

mario-cau.jpg

Essa edição se passa num só dia, durante as REFEIÇÕES das personagens: café da manhã, almoço, lanche da tarde, jantar e lanchinho da madrugada. Em meio a comidas e conversas, teremos Sandra tentando convencer Ju a virar vegetariana, o retorno de Marina, uma antiga amiga de Ju, a aparição de sua irmã mais nova, Sandra com ciúmes de Marina, Tuba perdido no meio de tantas mulheres, Ju vendo seu cachorro na comida e falando a respeito de sua dieta favorita, lamentos amorosos e uma série de pequenas sequências na revista onde aparentemente nada acontece, mas um bocado de coisa é dita.

A história pode ser lida mesmo por quem nunca viu as outras edições, pois ela se completa nesse mesmo número. De qualquer forma, quem quiser conhecer a série, pode ler a primeira edição gratuitamente no site do Quarto Mundo: http://4mundo.com/2009/06/nanquim-descartavel-01-capa

 

Para mais imagens e meiores informações:

http://escola-hqemfoco.blogspot.com

Café Espacial (publicado 19/08/2009)

A Café Espacial é uma publicação independente que reúne histórias em quadrinhos, literatura, música, fotografia, entrevistas e tudo o mais que existe de realmente bom nessa vida.

A revista é fruto de um esforço coletivo, onde todos os envolvidos colaboraram de maneira direta e sem visar o lucro, enfatizando apenas a divulgação da cultura. 

Contando com a colaboração de grandes e premiados artistas e profissionais da área (como Fábio Lyra, Jana Lauxen, Laudo Ferreira, DW, Samanta Flôor, Mario Cau, Ebbios, Daniel Esteves, entre outros), a Café Espacial faz parte do coletivo de quadrinhistas independentes Quarto Mundo.

A publicação surgiu em outubro de 2007, e até o momento atingiu quatro edições, obtendo boas críticas e destaque na mídia.

Em 2008 a Café Espacial foi premiada com o Troféu Bigorna, como Melhor Publicação Independente, e acaba de ganhar o Troféu HQMix 2009, como Melhor Publicação Independente de Grupo.

Mesmo sem contar com nenhum tipo de patrocínio ou apoio de terceiros, a equipe da revista continua a consolidar suas ideias e a batalhar para conquistar seu espaço no mercado editorial, sempre contando com um leque de colaboradores selecionados.

E então? Vai querer com ou sem açúcar?

3.jpg

 (#03 / Capa: Fábio Lyra / + informações)

Mais informações, acesse o site da revista:  http://www.cafeespacial.com

Troféu HQMix 2009 - Os melhores (publicado )

O Troféu HQMIX é considerado o Oscar dos quadrinhos e do humor gráfico, reconhecido internacionalmente como o melhor prêmio da América Latina.
Foram escolhidos, por cerca de 2 mil profissionais da área, os melhores lançamentos e eventos de 2008. A votação é organizada pela ACB – Associação dos Cartunistas do Brasil, e pelo IMAG- Instituto Memorial das Artes Gráficas do Brasil.
O HQMIX foi criado em 1989 no programas “TV MIX”, da TV Gazeta de São Paulo, pelos cartunistas JAL e Gualberto Costa.
A Comissão Organizadora dessa 21º edição que é presidida pela Dra. Sonia M. Bibe Luyten, que promoveu algumas mudanças nos 44 ítens em votação.
A estatueta do Troféu homenageia a cada ano um grande personagem dos quadrinhos brasileiros. Neste ano o artista plástico Olintho Tahara esculpiu “MIRZA – A mulher Vampiro”, de Eugênio Colonnese, falecido em agosto de 2008 e famoso por sua produção na Era de Ouro dos Quadrinhos de Terror na década de 60.

trofeu.jpg

Troféu HQMix 2009

Os vencedores em cada categoria receberão o Troféu no próximo dia 21 de agosto, às 20h00, no Teatro do SESC Pompéia com apresentação de Serginho Groisman e Banda.

Abaixo a lista dos melhores de 2008 na área:

Adaptação para os Quadrinhos -Dom Quixote
Adaptação para outro veículo - Batman, o Cavaleiro das Trevas (cinema)
Articulista – Rogério de Campos
Caricaturista - Dálcio Machado
Cartunista - Duke
Chargista - Angeli
Desenhista Estrangeiro - Liniers
Desenhista Nacional - Rafael Grampá
Desenhista Revelação - Hemeterio
Edição Especial Estrangeira - Asterix e seus amigos
Edição Especial Nacional - Mesmo Delivery
Editora do ano – Panini
Evento - Bistecão Ilustrado
Exposição - Angelí/Genial
Grande Contribuição - FNAC
Grande Contribuição - Programa PNBE
Grandes Mestres - Ciça e Zélio
Homenagem/Destaque Internacional - Fábio Moon e Gabriel Ba
Homenagem/Destaque Internacional - Ziraldo
Ilustrador Nacional - Weberson Santiago
Livro Teórico - Henfil, O humor subversivo
Mídia sobre HQ - Blog dos Quadrinhos
Projeto Editorial - Turma da Mônica Jovem
Publicação de Aventura/Terror/ficção - 100 Balas
Publicação de Cartuns - Tulípio 7
Publicação de Charges - 35º Salão de Piracicaba
Publicação de Clássico - Che
Publicação de Humor - Piratas do Tietê n.3
Publicação de Tiras - Níquel Náusea Em boca…
Publicação Erótica - CLIC n.3
Publicação Independente de Autor - Nanquim Descartável
Publicação Independente de Grupo - Café Espacial
Publicação Independente Especial - Depois da Meia-noite
Publicação Infanto-juvenil - Turma da Mônica Jovem
Publicação Mix - Graffiti n.18
Roteirista Estrangeiro - Alan Moore
Roteirista Nacional - Adriana Brunstein e Samuel Casal
Roteirista Revelação - Olinto Gadelha
Salão e Festival - 1° Festival Internacional de Humor do RJ
Tira Nacional - Níquel Náusea
Trabalho de Doutorado – Valéria Aparecida Bari
Trabalho de Mestrado - Líber Eugenio Paz
Trabalho de TCC – Pedro Franz Broering
Web Quadrinhos - Quadrinhos Ordinários

Serviço:
21º TROFÉU HQMIX
Os melhores de 2008

Data: 21 de agosto de 2009
Horário: 20h00
Local: Rua Clélia, 93 – Lapa (SP/SP)
Apresentação: Serginho Groisman e Banda

Entrada gratuita (distribuição de convites uma hora antes na portaria – lotação controlada)

Telefone para contato: 011 3871 7700

Mais informações sobre o troféu HQMIXwww.hqmix.com.br  

Jornal Vaia (publicado )

Por  Marco Marques e Fernando Ramos.

Se aplaudir é invocar os deuses para que testemunhem um feito de valor, para que julguem a beleza e abençoem as obras dos homens, vaiar deve ser o contrário. Felizmente, podemos dar outro significado ao verbo, ora substantivo VAIA. E talvez estabelecer que VAIA, mesmo, é só para o que não presta.

Há oito anos um grupo de amigos com gosto comum por cerveja, literatura e cultura (não necessariamente nessa ordem), inquietos e movidos por sede de mudança, reuniu-se, no histórico bar Escaler, no bairro Bom Fim, e ali fundou-se o Jornal Vaia. Circulando ininterruptamente desde então, o veículo, que é lido nos principais nichos de cultura de Porto Alegre e RS e em várias capitais e cidades do Brasil afora, ainda viaja trimestralmente para muitos países da América e Europa.

O VAIA foi evoluindo gráfica e editorialmente de forma gradual, publicando em suas páginas uma miscelânea literária de valor, enviada regularmente de todos os cantos do país por dezenas de colaboradores.

Preocupado com o bom gosto artístico e a divulgação de obras e de autores empenhados com a qualidade da arte que produzem, o VAIA tem a pretensão de exercer um papel crítico: formar opinião sem influenciar por via direta, pelo famoso goela abaixo, e discutir idéias dos mais variados matizes. Assim, as tendências sócio-culturais expressas aqui no site (e na versão impressa do jornal) pelos articulistas, escritores, poetas, artistas plásticos, músicos e jornalistas, corroboram a tentativa do jornal em levar aos leitores, de modo democrático, cultura e informação.

Se aplaudir significa chamar os deuses para abençoarem as obras dos homens, uma das funções do VAIA é acordá-los para estarem atentos e não privilegiarem, por distração, o que não merece consideração e aplauso fácil, e torná-los vigilantes e aguçadamente críticos.

Louvando o que bem merece e vaiando para se deixar o ruim de lado.

Assassinos S/A (publicado )

Por Jana Lauxen

Reunir 20 contos policiais brasileiros em 60 dias.
Esta foi a proposta que Frodo Oliveira, escritor e editor da Editora Multifoco, fez para mim em meados de janeiro de 2009.
- Topa?
- Claro. Tamos aí.
Foi o que eu respondi.
É o que costumo responder, na emoção do momento, quando me perguntam se estou dentro de algum projeto muito bacana.
Porém logo depois, quando parei para pensar melhor, gelei: será que vai dar certo?
Será que eu arrumo 20 escritores talentosos e interessantes o suficiente para compor um livro realmente bacana?
Um pouco insegura, saí na caça deles.
Procurei aqui e ali, revirei a internet de cabeça para baixo e, cá está o resultado: Hélio Jorge Cordeiro, Daniele Barizon, Tiago Barbosa, Kinho Vaz, Jana Lisboa, Ronaldo Luiz Souza, Denise Ravizzoni, Afobório, Fabrício Romano, Raphael Montes, Luiz Calcagno Fettermann, Adriana Santos Silva, Valdeci Garcia, J. Miguel, Leandro Fonseca, Josué de Oliveira Mello, André Esteves, Dante Coslei, Oscar Bessi Filho e Sergio Chaves, reunidos na coletânea de contos policiais brasileiros Assassinos S/A.
Sim, meus amigos: deu certo.
Deu muito certo, aliás.
Com o lançamento marcado para o dia 4 de julho, na sede da Editora Multifoco (Avenida Mem de Sá, 126 – Lapa, Rio de Janeiro) o livro tem, além de qualidade literária, outros ingredientes tão importantes quanto, como individualidade, contemporaneidade e, abundantemente, engenhosidade.
Não leia imaginando repaginar tudo que, num passado não tão distante, foi escrito em matéria de contos policiais.
Os 20 autores deste livro não vivem mais o romantismo dos trens e dos detetives particulares vestindo capa e de lupa nas mãos.
Os tempos são outros, os crimes são outros, os assassinos são outros e os investigadores são outros.
Falo aqui de uma bela coletânea de histórias que, sem dúvidas, retrata com aterradora clareza o universo da literatura policial dos tempos de hoje.
Prepare-se para uma leitura ferina e envolvente.
Mas antes se certifique de que aquele barulho que você escutou na cozinha é realmente impressão sua.
Porque quando os Assassinos estão por todos os lugares, nunca se sabe.

.

Em tempo: Já estão abertas as inscrições para a seletiva que irá escolher os 20 contos que farão parte do volume II da coletânea Assassinos S/A.  O recebimento de textos vai até o dia 30 de setembro. Mais informações você encontra no blogue da antologia: www.assassinos-sa.blogspot.com.

assassinos-sa-capa.jpg